Cervejaria Rodenbach: Expedição Cervejeira Bélgica 2018 foi a Região de Flanders

Os expedicionários foram hoje em Roulers na parte flamenca da Bélgica e visitaram a Cervejaria Rodenbach, famosa por suas dornas e pelas excelentes cervejas.

Fomos recebidos com um delicioso café pela manhã e depois da visitação lógico que com muita cerveja, foi um dia de história e conhecimento.

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira

Expedicionários Bélgica 2018

Cervejaria Rodenbach: A Família Rodenbach

Nas margens do rio Mandel, em Roulers, no coração da Flandres, os edifícios da cervejaria Rodenbach estendem-se por mais de 3 hectares.

Os Rodenbachs de Roulers são originários da cidade de Andernach Am Rhein na Alemanha.

Depois de um período sob o domínio francês em Lille, Ferdinand Rodenbach, então com 35 anos, no ano de 1749  estabeleceu-se em Roulers.

Ele foi militar, médico civil e burguês.

O seu filho, Pieter-Ferdinand foi também médico e, para além disso, especialista e comerciante de bebidas.

Teve com a sua esposa Anna Maria De Geest 7 filhos, dos quais 4 são personagens importantes no que diz respeito à fundação da cervejaria Rodenbach.

Foi Alexandre Rodenbach, solteiro, empresário, político, escritor, representante do povo, burgomestre, quem, apesar de cego desde a juventude, dirigiu a cervejaria a partir de 1821.

Os seus irmão Grégoire, Pedro e Constantijn foram sócios da cervejaria Rodenbach entre 1821 e 1836 e Pedro foi o seu proprietário a partir de 1836.

Pedro e sua mulher, Regina Wauters, tiveram 8 filhos. Regina era filha de cervejeiros de Malines, e foi esta mulher de negócios e industrial que explorou e aumentou a cervejaria (1836-1864).

Ela está no topo do quadro de honra das mulheres de Roulers.

Constantijn – mas também Alexandre e Pedro – tomou parte da revolução pela independência belga em 1830 e foi um dos notáveis coautores do texto da Brabançonne, o hino nacional belga.

Eduardo Rodenbach era empresário de uma indústria metal-mecânica, explorando a cervejaria a partir de 1864 .

Sob a sua direção, a cervejaria expandiu-se. É de assinalar a construção de uma nova maltaria, nova misturadora, nova sala de fermentação e uma nova cave de armazenamento.

Eugénio foi o último dos Rodenbach a gerir a cervejaria.

Depois dele foi criada uma sociedade anônima, dirigida pela dinastia Léon Lambert (1925-1972) e seu filho Jacques (1972-1982), seguidos de Léon Van Merhaege (1983-1993), Jozef Bevers (1994-1995) e Luc Segaert (1995-2002).

George e Albrecht, outros membros da família Rodenbach ficaram famosos como poetas.

O livro “Bruges-la-Morte” de George Rodenbach é muito conhecido e foi usado como argumento para um
filme. Podem encontrar-se poemas de Albrecht no cemitério e nas ruas desta cidade.

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira - Familia Rodenbach

Fotos da Família Rodenbach expostas na cervejaria

Cervejaria Rodenbach: Início dos barris de madeira

No entanto, a pessoa mais importante da família foi o filho de Eduardo, de nome Eugénio: ele está na raiz da cerveja Rodenbach que bebemos hoje. Infelizmente. Eugénio Rodenbach, morreu com a idade de 39 anos.

Eugénio Rodenbach foi para o sul de Inglaterra onde fez um estágio industrial e se aperfeiçoou no estilo da cerveja inglesa Porter: quer dizer a acidificação controlada, a mistura e a maturação em madeira.

Melhorou também o processo de vinificação em tonéis.

No final da Idade Média a conservação da cerveja era feita de três maneiras:

  • Pela adição de uma grande quantidade de lúpulo (especialmente na Alemanha e a norte do rio Escalda)
  • Pela adição de ervas com o nome ‘Gruut’, bem conhecido na região de Bruges: isso significava altos impostos assim como uma grande renda para os condes do Flandres.
  • Imitando a cerveja inglesa Porter: uma acidificação intencional.

Como já disse antes, Eugénio Rodenbach foi para o sul de Inglaterra onde fez um estágio industrial.

Num bar perto de Londres, aprendeu como fazer uma mistura de cerveja a partir de duas garrafas: uma garrafa a cerveja verde, o outra a cerveja maturada.

Ele trouxe essas ideias de volta para Roeselare e após seu retorno começou a comprar barris de madeira: a cerveja Original Rodenbach nasceu!

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira - Antiga Fábrica

Prédio antiga fábrica da Rodenbach

Cervejaria Rodenbach: A maltaria

Eugénio Rodenbach também construiu uma nova maltaria.

Este exemplar único de forno de malte é um desenho inglês, foi construído em 1872 e foi uma das ideias que Eugénio trouxe da Inglaterra.

No Flandres, nunca houve fornos de malte em forma redonda, somente em formato quadrado ou retangular.

É o último forno do século XIX que resta. Foi reconstruído fielmente em 1986, com calcário e argila.

Até 1975, a cervejaria tinha a sua própria área de fabricação de malte, da qual o forno e a velha fachada ficaram intactos.

As paredes internas são em forma de taça – não é resultado da ingestão demasiada alta de cerveja pelos operários.

Foi feita de propósito para espalhar o ar quente de forma regular através da camada de malte. (clique aqui e saiba o que é malte)

Por motivos econômicos a maltaria foi desativada em 1975.

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira - Maltaria

Ao fundo antiga maltaria

Cervejaria Rodenbach: Atualmente

Uma nova fábrica foi construída como resultado da aquisição da fábrica pela Palm em 1998.

Graças a esta aquisição, muitos investimentos foram feitos, tais como: novo centro de visitas e uma nova cervejaria.

A nova cervejaria vale aproximadamente 8 milhões de euros.

A nova cervejaria foi inaugurada em março de 2002 e instalada pela firma Meura, a mesma que fez a cervejaria antiga de 1864 e hoje a capacidade é de 24.000 litros por cada brassagem.

Em 18 horas pode-se produzir 6 vezes esta quantidade – calculada em garrafas de 330ml chega-se a 560.000 garrafas de Rodenbach a cada 18 horas.

Em maio de 2016 a cervejaria de Palm decidiu vender sua cervejaria para a Bavaria Brewery da Holanda.

Esta é uma grande cervejaria holandesa.

Como a Rodenbach fazia parte de Palm Rodenbach, agora faz parte da Bavaria Brewery

Isso quer dizer portas abertas em todo o mundo. A Bavaria exporta para 125 países, Rodenbach exportava anteriormente apenas para 32 países.

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira - Novo Prédio

Novo prédio da Rodenbach

Cervejaria Rodenbach: Tonéis

A Cervejaria Rodenbach possui 294 toneis de carvalho com capacidades variando entre 12.000 e 65.000 litros.

Todos juntos somam cerca 6.300.000 de litros de Rodenbach sendo maturados em madeira simultaneamente.

Nenhuma outra cervejaria no mundo se iguala a Cervejaria Rodenbach.

Estes tonéis são o coração, a alma e o espírito de Rodenbach.

Se fossem removidos da cervejaria, já não haveria Rodenbach.

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira - dornas

Dornas da Rodenbach

Cervejaria Rodenbach: As cervejas

Estes são os rótulos produzidos pela Cervejaria Rodenbach:

Rodenbach Clássica

A Rodenbach Clássica é uma cerveja de mistura, com ¾ (três quartos) de cerveja jovem e ¼(um quarto) de cerveja velha (amadurecida em tonéis de carvalho durante dois anos). Possui 5,2% de teor alcoólico. Antes de serem misturadas a cerveja jovem fica em repouso por uma semana a baixa temperatura (1°C).

Rodenbach Grand Cru

A Rodenbach Grand Cru é 75 % de cerveja com mínimo 18 meses e 25% de cerveja jovem. Uma Grand Cru tem 6% de teor alcoólico.

Rodenbach Vintage

A Rodenbach Vintage (100% cerveja com mínimo 18 meses).

Rodenbach Caractére Rouge

A Rodenbach ‘Caractére Rouge’ é cerveja velha+ a maturação de 6 meses com frutas como cerejas, framboesas e mirtilos. Possui 7,0 % de teor alcoólico.

Rodenbach Rosso

A Rodenbach ‘Rosso’ é a Rodenbach clássica com a adição de 3 frutos, similar à Rodenbach Caractére Rouge. Atualmente comercializada apenas nos EUA. Possui 4,2% de teor alcoólico.

Alexander Rodenbach

Alexander Rodenbach: É a Rodenbach Grand Cru com adição de cerejas. Possui 5,8% de teor alcoólico.

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira - cervejas

Cervejas da Rodenbach

Expedição Cervejeira Bélgica

Quer conhecer a Cervejaria Rodenbach e seus 294 tonéis de carvalho francês?

Quer ter uma experiência única em uma cervejaria única?

Clique aqui e cadastre seu e-mail com interesse na próxima Expedição Cervejeira Bélgica, assim que as vagas forem disponibilizadas avisamos você.

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira - cervejeiro fotos

Cervejeiro da Rodenbach veio cumprimentar os brasileiros da Expedição Bélgica 2018

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira

Cervejaria Rodenbach - Expedição cervejeira Almoço

Almoço dos expedicionários na cervejaria

Expedição Cervejeira Bélgica 2018