Jantar Romântico com Cerveja: Como harmonizar?

Quando se pensa em uma noite especial, romântica, imediatamente surge a imagem de uma garrafa de espumante no balde de gelo ou duas taças de um bom vinho tinto escoltando a garrafa esverdeada, certo?

Tá bom também!

Jantar Romântico com Cerveja: Artesanal por favor!

Mas eu vou provar, por “a + b”, que se você substituir essa uma garrafa de espumante ou vinho por uma garrafa de cerveja super especial, ou ainda melhor, por vários rótulos combinando um com cada momento e deixar que essa variação seja a guia da noite, garanto que o sucesso vai vir em dose dupla!

Jantar Romântico com Cerveja: Por onde começar?

Pulemos as etapas de arrumação da casa e preparação da comida, considerando que a casa já esteja limpa, arrumada, linda, em penumbra com vários pontos de iluminação difusa e um aroma incrível que vem da cozinha (te vira!), vamos ao que mais interessa.

Você irá recebê-la ou recebê-lo na porta com um sorriso na boca e brilho nos olhos porque você já está terminando um copinho de cerveja que tomava enquanto curtia um som e finalizava o jantar (chique, sacou? E vai ser uma Lager ou uma Pilsen bem levezinha).

Mas a/o homenageada/o da noite chegou, então acomode a pessoa e corre pra trazer o balde com aquelas cervejas artesanais que você pesquisou e garimpou por 5 dias seguidos!

Jantar Romântico com Cerveja: Qual a primeira cerveja?

Entre sorrisos e amenidades, abra a Witbier, bem leve e refrescante, para acompanhar a burrata aromatizada com azeite de oliva extra virgem, pimenta do reino recém moída e raspas de limão, ou com um “canapezinho” de salmão ou de kani com pepino e limão siciliano (tá anotando tudo aí?).

Daí, a pessoa que tava tensa já tá meio derretida porque… Né? Que clima!

Jantar Romântico com Cerveja: A cerveja e o prato principal

Passamos para a varanda? Ou preferem a sala? Onde você montou a mesa de jantar? ( Por favor, na cozinha não!!!)

Ela/ele senta-se à mesa enquanto você busca o prato principal: um belo filé mignon au poivre vert com mousseline de batatas (te vira 2!).

Pratos servidos, do balde de gelo sai uma IPA linda de morrer (por favor não deixe a lata chamar mais atenção dela/dele do que você!) ou uma Dunkel, se você ainda não tiver sido abduzida/o pelo lado amargo da força.

Papo vai, papo vem… A comida tá boa, né?

Mas é nessa hora que você vai mostrar tudo o que passou a semana inteira estudando e sem o menor sinal de arrogância (te vira 3! Sei que você sabe ser simpático/a!).

É aí que você consegue ganhar mais um indivíduo desavisado para o mundo das cervejas artesanais e, por outro lado, sua noite tá quase ganha!

Jantar Romântico com Cerveja: Cerveja e sobremesa

Sorrisos fartos e soltos, hora da sobremesa! Ah… Glória divina!

Vamos pelo seguro? Trufas de chocolate meio amargo com uma Porter escolhida a dedo! Ou quer arrasar? Mousse de queijo da Canastra com calda quente de frutas vermelhas e uma Kriek servida em um copo flauta/flute (aquele pra espumante).

Depois disso, amiguinha/o, se a causa não tá ganha, só uma Bière de Garde pra resolver o teu lado!

De resto, conto com sua criatividade e discrição. E boa sorte porque até dia 12 de junho tem muito tempo pra ensaiar, mas até o próximo sábado à noite não!

Adieu, chouchou!

Temos algumas receitas, publicadas aqui no blog, com indicação de harmonização para você utilizar de inspiração, para conhece-las basta clicar aqui