Piores presentes para um apaixonado por cerveja!

Faltam alguns dias para o natal, e como todos os anos somos contagiados pelo espírito natalino.

E com este espirito de alegria, chega o pior momento do natal: os presentes!

Se comprar um presente de natal já é difícil, imagina ganhar.

Quantas vezes fingimos o famoso “sorriso amarelo” quando recebemos aqueles presentes digamos, inadequados!

O artigo de hoje dedico justamente a isso, vou enumerar os 5 piores presentes para um apaixonado por cerveja, esperando que algum parente ou amigo leia esse artigo e evite o constrangimento.



A cerveja errada

Como é bonito o natal, uma das poucas ocasiões do ano para rever os parentes que normalmente você nem cumprimenta (e provavelmente existe um motivo).

Essa perspectiva aumenta quando entre os convidados está aquele seu tio, que anos atrás se mudou para uma cidade distante, mas que todas as festas de fim de ano está inevitavelmente presente.

Mas a distância não impediu que ele telefonasse de vez em quando para se informar sobre a saúde dos integrantes da família entre outras coisas, e em uma dessas ligações soube da crescente paixão pela cerveja do seu sobrinho.

E quando chega o dia de natal ele aparece em casa com um pacote cheio de presentes para a família, e enquanto desembrulhamos o nosso presente com o sorriso que vai aumentando vendo que o formato do pacote é uma garrafa, quando de repente percebemos que era uma horrível garrafa Magnum de Heineken.

E o tio comenta todo orgulhoso: “para você que é um apaixonado por cerveja, isso deve valer ouro né?”.

Ele espera todo contente uma resposta enquanto eu tento achar uma que não inclua insultos e xingamentos.

Piores presentes para um apaixonado por cerveja, essa não

A destruição de uma esperança

Uma coisa é certa, o melhor presente para uma pessoa (apaixonada ou não por cerveja) é um kit para fazer cerveja em casa.

Não custa muito, é legal e um passatempo.

Provavelmente em algum natal passado você invejou alguns amigos que ganharam esse presente, sabendo que se fosse pata você, seria recebido com entusiasmo.

Mas você também sabe que o destino pode ser injusto, e que no caso de você ganhar um kit para homebrew, pode não ser um kit normal, mas sim uma parafernália, como algumas beer machine que encontramos por aí.

Tanto que existe uma empresa no Canada que conseguiu corromper todo o conceito de cervejeiro caseiro criando uma máquina quase que demoníaca: um tipo de equipamento na qual você coloca uma “cerveja em pó” e depois de 7-10 dias consegue tirar 10 litros de cerveja (ou pelo menos assim promete).

Ou seja, adeus fermentador, airlock, geladeira, garrafas, etc.

Aliás, não tem necessidade nem de estudar uma receita.

Essa Beer Machine faz praticamente tudo, menos desfazer a nossa cara de ter odiado o presente.

Piores presentes para um apaixonado por cerveja, o que é isso?

A cerveja errada – replay

Nossos amigos sabem muito bem: Temos paixão obsessiva pela cerveja artesanal.

Metade da semana passamos no pub e a outra metade tomando cervejas em casa.

Degustamos praticamente todas as criações recentes das cervejarias brasileiras e internacionais.

Possuímos uma adega de cervejas vintage de dar inveja até mesmo no Kulminator.

Em poucas palavras, somos doentes por cervejas especiais e artesanais e somente as pessoas que degustam cervejas conosco sabem dos nossos conhecimentos no segmento.

Entretanto é sempre no natal que aparece aquele amigo atrevido que não conhece nada sobre o tema “cerveja artesanal”, mas que do alto da sua arrogância acha que pode nos presentear com uma cerveja de qualidade.

Ele vai em algum beershop estudar superficialmente as prateleiras, para então comprar o nosso presente de natal.

Chega na festa de natal com ar pretensioso e nos passa o seu presente, a expressão no seu rosto parece dizer: “olha só o que eu comprei pra ti!”.

Quando desembrulhamos o presente, encontramos uma Leffe, e ele ainda nos diz: “é uma cerveja feita em abadia!”.

Maldito natal.

Piores presentes para um apaixonado por cerveja, de novo não

A vingança do passado

Quando criança sonhávamos com os presentes mais incríveis, mas sabíamos que nunca seriam comprados.

Geralmente eram brinquedos gigantescos capaz de fazerem 1000 coisas e custava um rim.

Nosso papai noel não tinha o dinheiro necessário para comprar e não podíamos fazer nada além de aceitar a dura realidade e sonhar o quanto seria legal brincar com um brinquedo desses.

Quando eu era pequeno, nessa categoria eu queria o Robô Emilio: Feito de plástico com formas antropomórficas que andava pela casa (e se me lembro bem) também falava.

Na minha época não existia melhor brinquedo para uma criança.

Mas o meu Emilio ficou sempre ali, na estante da loja de brinquedo, esperando que um dia eu o levasse para casa comigo.

Foi uma falsa esperança porque isso acabou nunca acontecendo, mas ele se vingou nos dias de hoje sob a forma de Asahi Beerbot, um robô de uma robustez incrível capaz de servir em modo perfeito uma latinha de cerveja.

Mas que no fim das contas é mais uma tranqueira asiática que acaba acumulando poeira.

Piores presentes para um apaixonado por cerveja, que porra é essa?

Os gadgets idiotas

Este é um dos piores presentes para um apaixonado por cerveja, cuidado!

Existem em milhares, muito provavelmente você já foi presenteado com algum.

E se isso ainda não aconteceu, fique tranquilo, em algum momento você vai ganhar um.

Talvez ainda nesse natal.

É impossível elencar todos, mas cito um que vale como exemplo supremo: O boné para latinhas de cerveja.

Um genial boné dotado de dois porta latinhas e um canudo, que Homer Simpson imortalizou em vários episódios dos Simpsons.

Com certeza algum amigo ainda vai te presentear, com imensa satisfação, um desses bonés.

Basta agradecer e então jogar o objeto na montanha de inutilidades desse tipo que você já ganhou em natais anteriores.

Piores presentes para um apaixonado por cerveja, o pior

Por Doug Merlo
Doemens Biersommelier Diplom
Italian Beertaster Diplom
BJCP Certified