Cervejas Especiais: Conheça e divulgue

As cervejas especiais, a cada dia, estão mais presentes nas gondolas dos mercados e nas cartas de cervejas dos restaurantes que frequentamos.

Os apreciadores de cervejas especiais também, a cada dia, estão mais presentes nas mesas de bares e restaurantes, procurando por novidades, ávidos por conhecer novos sabores, novos aromas, novas cervejas.

Acostumar-se com coisa boa é muito fácil, sempre afirmo que conhecimento custa caro, pois é um caminho sem volta, conheceu, gostou, virou fã e consequentemente consumidor.

Quando você conhece algo novo, que julga ser coisa boa, a reação imediata é compartilhar suas experiências com seus familiares a amigos, e quando falamos em cerveja, normalmente apreciada com muita conversa em animadas festas, churrascos e botecos, a vontade de mostrar para seus amigos a boa nova é ainda maior.

Os americanos criaram o termo Beer Evangelism, para a divulgação das novas cervejas.

Do grego evangelion, que significa Boa Notícia, criaram um termo, digamos que religioso, para pregar aos quatro cantos que existe algo novo, novas cervejas, além das standard lager das cervejarias mainstream.

Surgiram então os Beer Evangelistas, que tem por missão mostrar ao mundo que as cervejas especiais existem, são boas e devem ser as únicas, que não sabe como viveu até hoje bebendo as standard lager, que agora é um novo homem, liberto da tentação das campanhas promocionais e comercias maravilhosos das grandes cervejarias, que por longos anos o fez refém de apenas um estilo de cerveja.

Junto com os Beer Evangelistas, era natural que aparecessem alguns mais carismáticos, então surgem também os Beerchatos.

O Beer Evangelismo é necessário, para que mais e mais pessoas conheçam as cervejas especiais, para que este movimento cresça no Brasil, impulsionando ainda mais as cervejarias artesanais a criarem mais rótulos e também para o surgimento de novas cervejarias.

Maurício Beltramelli em seu livro Cervejas, Brejas e Birras, divide os Beer Evangelistas em dois tipos:

Os intervencionistas e os libertários.

Os intervencionistas são os mais radicais, travam uma verdadeira guerra santa a partir do que consideram ou não cerveja.

Eles consideram a campanha das grandes cervejarias, verdadeiras armadilhas para enganar milhões de consumidores, afirmando que as cervejas pilsen produzidas por eles são as melhores do planeta, e que nada nesse mundo pode ser melhor.

Utilizam lindas mulheres com seus peitos e bundas, pessoas famosas, a seleção brasileira de futebol e churrascos animados, para mostrar que a vida somente será perfeita se a cerveja produzida por eles fizer parte da sua vida.

Os intervencionistas acreditam que o público em geral não é provido de condições de escolher, em virtude deste bombardeio de marketing de massa, então acham legítimo intervir na escolha dos não beer evangelizados.

Do outro lado desta beer evangelização, estão os libertários.

Menos radicais que os intervencionistas, eles pegam mais leve. Acreditam que as cervejas de massa fizeram seu papel na escala do conhecimento. Como podemos conhecer o bom, sem saber o que é ruim? Este é um pensamento dos libertários.

Os libertários consideram que já existe gente demais falando mal a respeito de cerveja, você já deve ter ouvido algum enochato (sommelier esnobe de vinhos), desdenhando o precioso líquido dourado, por isso os libertários preferem focar nCervejas especiais: beer evangelistaa evolução, sempre enaltecendo a cerveja e suas harmonizações.

Se um libertário estiver em um churrasco de amigos, e lhe oferecerem uma cerveja produzida por uma mainstream, mesmo sem vontade e a contragosto, ele irá aceitar e beber a cerveja, sem comentários acentuados sobre a pouca qualidade do líquido.

Ele irá esperar o momento oportuno para fazer à comparação e mostrar ao não beer evangelizado as qualidades, sabores e aromas das cervejas artesanais, conquistando aos poucos seu coração e sentidos.

E você? Também é um Beer evangelizador ?

Precisamos divulgar as qualidades e os prazeres sensoriais uma cerveja especial.

Vamos ajudar pessoas a degustar cervejas, conhecendo um pouco da história de cada estilo, pois conteúdo proporciona prazer, pois conhecimento é riqueza.

Deixe seu comentário a respeito do assunto, desta forma você estará contribuindo como um verdadeiro Beer Evangelizador !!

Fonte Pesquisa: Livro Cervejas, Brejas e Birras – Mauricio Beltramelli

Cervejas Especiais Capa Livro Cervejas, Brejas & Birras