O que é Cryo Hops – A nova onda

Durante muito tempo o lúpulo foi utilizado apenas como conservante na cerveja, até que aos poucos foram sendo reconhecidas suas outras propriedades.

Além de ser bacteriostático, é antioxidante e colabora na qualidade e estabilidade da espuma.

Hoje em dia o lúpulo é um ingrediente especial, queridinho de cervejeiros, pois confere diferentes e intensas características de aroma e sabor à cerveja.

Notas florais, herbais, cítricas, resinosas, terrosas, frutadas, etc., além de, claro, sua característica mais presente, o amargor.

Bebendo da fonte norte-americana, os cervejeiros brazucas aprenderam a trabalhar com o nobre componente.

Aliando instinto, criatividade e experiências, ele está presente em boa parte da produção cervejeira nacional.

Ok, que o brasileiro anda apaixonadinho por lúpulo a gente já sabe.

Mas se você for um verdadeiro hophead vai saber responder à seguinte pergunta:

Afinal de contas, do que se trata esse tal de Cryo Hops que todo mundo anda falando?

O que é Cryo Hops, vamos a definição:

Derivado da palavra grega ‘kryos‘, que significa geada, o Cryo Hops utiliza tecnologia de criogenia (ramo da físico-química que estuda tecnologias para a produção em temperaturas muito baixas) para o processamento do lúpulo.

Quer dizer, é um método de extração de lúpulo em pó, durante o qual se utilizam baixas temperaturas para, dessa forma, extrair uma carga maior de aromas e sabores, maximizando os resultados na fabricação de cervejas.

Já que aumenta a eficiência do processo, oferece uma economia de custos (relatos de cervejeiros falam em um aumento médio de três a cinco por cento nos rendimentos da produção, devido à redução do trub) e, consequentemente, reflete-se em sustentabilidade.

Além disso, em uma atmosfera de produção controlada e rica em nitrogênio, elimina-se (ou reduz-se bastante) a possibilidade de oxidação.

Ninguém quer cheirinho de parmesão na sua cerveja… (com exceção de alguns).



O que é Cryo Hops: E as variedades?

O processo pode ser aplicado em qualquer variedade de lúpulo. Eba!

Não sem razão, o Cryo Hop já faz parte das receitas de vários rótulos novos.

Em alguns casos a cerveja manteve sua receita, mas teve o pellet de lúpulo substituído pela novidade. Dádiva, Bodebrown, Nacional, Heroica, Perro Libre, Micro X e várias outras entraram no jogo.

Agora que você já sabe do que se trata, vai tirar onda no bar, vai.

Pode perguntar pro seu amigo: Sabe o que é Cryo Hops?

Curso