Lambic: Uma cerveja muito particular e fascinante

A Lambic é uma cerveja exclusivamente belga.

Na verdade, sua zona de produção é uma pequena área nos arredores de Bruxelas.

Região possui o nome de Pajottenland, limitada pelo Vale do Rio Senne, dentro da província de Brabante a sudoeste de Bruxelas se alongando até o bairro de nome Anderlecht da própria cidade de Bruxelas.

Neste bairro fica localizada a Brasserie Cantillon que é uma tradicional produtora de Lambic e onde fica localizado o Museu Cantillon, o museu da Gueuze de Bruxelas.

Lambic Cerveja de fermentação espontânea: Museu e Brasserie Cantillon

Museu e Brasserie Cantillon

Portanto para uma cerveja poder ser denominada Lambic ela precisa ser necessariamente produzida nesta região, não existe cerveja Lambic produzida em outra parte do mundo.

Como é uma cerveja de fermentação espontânea, as leveduras que são inoculadas no mosto cervejeiro são oriundas do ambiente – leveduras –, e exclusivamente no ambiente da região de Pajottenland a microflora do local proporciona a produção desta espetacular cerveja.

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea:
Ingredientes

A cerveja Lambic é produzida com:

  • Malte de cevada e trigo não maltado
  • Lúpulo velho, com idade de 2 a 3 anos, com aroma não muito agradável
  • Leveduras selvagens que estão do ambiente de produção da cerveja

Na grande maioria dos estilos cervejeiros a produção acontece com lúpulos jovens, quanto mais fresco melhor, o contrário acontece com a produção da cerveja Lambic.

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea: lúpulo utilizado na fabricação de lambic

Lúpulo utilizado na produção de Lambic

O lúpulo em uma cerveja Lambic é utilizado para dar estabilidade e um certo amargor a cerveja, o aroma do lúpulo é indesejado em uma cerveja Lambic.

As cervejas Lambic são envelhecidas em barris de carvalho de 6 meses (Lambic jovens) a 2 anos (Lambic velhos)

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea: barris de carvalho para maturação de lambic

Barris de carvalho para maturação da Lambic

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea:
Características

As cervejas Lambic são bastante complexas.

Pouca presença de CO₂ (carbonatação) com aromas muito intensos.

Uma cerveja bastante ácida e as vezes cítrica.

Uma cerveja selvagem, muito refrescante e de altíssima drinkability.

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea: placa no muses cantillon em bruxelas

“O tempo não respeita o que é feito sem ele” Placa localizada na Brasserie Cantillon

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea:
Estilos

É bastante raro encontrar Lambic puro, antigamente era muito popular encontrar nos cafés e pubs da Bélgica, atualmente apenas poucos lugares oferecem a opção.

Coma Expedição Cervejeira Bélgica você pode viver a experiência de degustar uma Lambic puro.

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea: Lambic puro

Lambic puro

Hoje em dia o Lambic é principalmente utilizado para produzir os seguintes estilos de cerveja:

Gueuze

É uma mistura entre um Lambic jovem, que contém ainda açucares a serem fermentados, com Lambic velho.

A nova fermentação produz CO₂ produz características mais finas e marcantes.

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea: Gueuze

Kriek

É uma cerveja Lambic com adição de cerejas na fase de fermentação.

Essa fermentação dura de 5 a 6 meses até que a cereja seja toda consumida pelas leveduras, inclusive o caroço.

O consumo do caroço por parte das leveduras proporciona a cerveja um leve nuance de amêndoa e avelã.

Após esta fermentação a cerveja é misturada com um Lambic jovem para ser engarrafada.

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea: Kriek Boon

Framboise

Cerveja Lambic com adição de framboesas, diferentemente da Kriek ela desenvolve maior acidez e secura, quase adstringente.

Lambic com outros tipos de frutas

Além das tradicionais Kriek e Framboise, são usadas também alguns tipos de uvas e pêssegos.

As produtoras de Lambic não muito tradicionais costuma usar xaropes e sucos no lugar das frutas, deixando a cerveja mais doce, um verdadeiro sacrilégio.

Lambic Cerveja de fermentação espontânea: o caneco com Armand Debelder na 3 fonteinen

Com Armand Debelder na 3 Fonteinen

Lambic Cerveja de Fermentação Espontânea:
Degustar na Bélgica

Deu vontade de degustar uma cerveja Lambic?

Imagina degustar uma Lambic na Bélgica, em Pajottenland, no Museu Cantillon?

A empresa Beertrade promove a Expedição Cervejeira Bélgica, que leva você para conhecer o Museu Cantillon, o Lambik-O-Droom na 3 Fonteinen e a proporciona a experiência de degustar uma Lambic nos cafés de Bruxelas.

Conheça detalhes da próxima Expedição Cervejeira Bélgica e venha adquirir conhecimento e cultura cervejeira conosco.

Expedição Cervejeira Bélgica 2018